Pesquisa personalizada

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Duas vítimas fatais da Gripe A em Santiago RS

Santiago teve a confirmação de dois óbitos por gripe A. As vítimas são uma grávida de 33 anos e um homem de 37 anos. Ela morreu no dia 22 de julho, e ele, no dia 30. Os dois foram transferidos do Hospital de Caridade de Santiago para a Santa Casa de Caridade de Alegrete, onde morreram.

De acordo com a diretora técnica do Hospital de Caridade de Santiago, Sônia Nicola, as vítimas se encaixavam nos grupos de riscos: ela, por ser gestante, e ele, por ser obeso.

As duas mortes podem gerar novas medidas de prevenção contra a doença. Amanhã, o comitê criado em Santiago para monitorar a situação da nova gripe na cidade e no Estado se reúne com o prefeito Júlio Ruivo. A cidade está, desde 20 de julho, em estado de alerta epidemiológico.

– As visitas e as cirurgias eletivas seguem suspensas no hospital. Vamos nos reunir com o prefeito para avaliar o que mais pode ser feito – afirma Sônia.

Agravamento – No final da tarde de ontem, em Santiago, ninguém estava internado com sintomas de gripe. Sônia diz que o fato, entretanto, não significa que a situação tenha se acalmado.

– Até a metade de setembro, vamos ter problema. Temos de manter o que está sendo feito e não descuidar da prevenção – sentencia a médica.

A cidade tem um terceiro óbito que pode ser confirmado pela doença. Trata-se de uma mulher de 34 anos, que morreu em 29 de julho no Hospital de Caridade de Rosário do Sul.

Nenhum comentário: